Nossa empatia com o “alimento dos deuses” foi rápida e se concretizou em uma mordida. Ficamos apaixonados pelas mesmas substâncias que, centenas de anos antes, conquistaram a Europa.

Abrimos a primeira loja no ano de 1991, no Rio de Janeiro, mostrando a todos nossas receitas que desmentiam a frase “chocolate é coisa de inverno”, e dariam origem a outra, “chocolate tem tudo a ver com verão”. Anos depois nos mudamos para Porto Alegre, terra perfeita para o chocolate graças aos verões quentes e invernos frios.

E aqui estamos na melhor atividade do mundo: trabalhar com chocolate.